In Utero

In Utero: Introdução (Parte 1)

De volta a Los Angeles, Cobain tinha já em mente o título do seu próximo trabalho de estúdio: “I Hate Myself and I Want to Die”.

In Utero: Os primeiros ensaios (parte 2)

No dia 7 de Abril de 1992, apenas nove dias antes de aparecerem pela primeira vez na capa da revista Rolling Stone, os Nirvana davam entrada no estúdio Laundry Room, em Seattle, construído pelo produtor Barrett Jones numa pequena cave da casa que partilhava com Dave Grohl.

In Utero: Sessões abandonadas (parte 3)

Em Abril de 1992, aquando da passagem dos Nirvana pelo estúdio Laundry Room, a banda gravaria duas demos instrumentais para integrar o alinhamento daquele que seria o seu terceiro longa-duração, “In Utero”.

In Utero: No Brasil (Parte 4)

Em Janeiro de 1993, os Nirvana dariam apenas dois concertos no Brasil, em troca de uma soma substancial.

In Utero: Pachyderm Recording Studio (Parte 5)

Os Nirvana entravam então em estúdio na segunda semana de Fevereiro de 1993, com o objectivo de gravar o muito aguardado sucessor de “Nevermind”.

In Utero: Albini vs Litt (Parte 6)

Com as sessões de estúdio agora finalizadas, os temas gravados com vista à edição do terceiro disco foram enviados à editora, advogados e management dos Nirvana.

In Utero: Conclusão (Parte 7)

A digressão de “In Utero” arrancou nos Estados Unidos a 18 de Outubro de 1993, e incluía, pela primeira vez na história da banda, um cenário elaborado.