[Vídeo] Nirvana na RadioShack

Antes de os Nirvana mudarem para sempre o mundo da música com “Nevermind”, o trio passou por diferentes estágios até encontrar a identidade icónica que os catapultou para o sucesso. Em Janeiro de 1988, quem espreitasse pela montra da RadioShack de Aberdeen – uma cadeia de artigos electrónicos dos Estados Unidos – nunca adivinharia que aqueles três jovens estranhos de calças rasgadas estavam a pouco mais de três anos de dominar os tops de vendas de todo o mundo com “Nevermind”.

Ainda sem nome definitivo, os Nirvana apresentavam-se ao vivo com diferentes denominações e, no arranque de 1988, Kurt Cobain, Krist Novoselic e o baterista Dale Crover (dos Melvins) faziam-se à estrada como Ted Ed Fred. No dia 24 de Janeiro desse ano, apenas um dia após a gravação de uma demo com Jack Endino nos Reciprocal Recording Studios (onde viriam a gravar “Bleach” não muito depois), os Nirvana chegavam à RadioShack com o objectivo de gravar um vídeo para os temas “If You Must” e “Paper Cuts”. As imagens, disponíveis abaixo, foram publicadas na íntegra pelo arquivista Mike Ziegler, que escreve: «Depois de uma sessão de estúdio no dia 23, eles deram um concerto no Community World Theater em Tacoma, Washington. No dia seguinte, os Nirvana estiveram na RadioShack a filmar partes para um vídeo. O playback é da demo gravada no dia anterior com a bateria tocada ao vivo.» Nas televisões que compõem o cenário, podem ver-se as imagens desse concerto.

Eric Harder, gerente da loja de Aberdeen, foi o responsável por permitir às futuras lendas que utilizassem o espaço juntamente com Dana Bong, que ocupou-se das filmagens.